10 de jan de 2012

MARGUERITE YOURCENAR – O Romance Histórico




PEDRO LUSO DE CARVALHO

Filha de pai aristocrata e culto, Marguerite Yourcenar pode receber uma educação especial, tendo sido orientada para o estudo de línguas clássicas e das civilizações mediterrâneas. Sentia-se atraída pelo latim, grego e pelo que havia ao seu alcance da produção artística e literária do mundo clássico. Esse fascínio mais tarde passaria para as suas obras de ficção, para as quais aplicava uma técnica que lhe era própria. Os romances de Yourcenar foram produzidos justamente tendo por base essa cultura clássica que acumulara quase sempre voltada à História, que era sua seara, da qual resultou Memória de Adriano, em 1951, no qual imaginara esse imperador, no início do segundo século da era cristã, entre outros.

A obra de Marguerite Yourcenar é extensa, ao todo 25 livros, mais da metade traduzida para o português, a partir de 1980. Os temas de seus livros passam pela história, pela arte, pela religião e pelo erotismo. As duas dimensões praticamente inseparáveis dos temas místicos que aborda, e que procura fazer sobressair-se na sua obra, são o profano e o sagrado. A título de exemplo, mencionamos a A obra em negro, Contos orientais, Fogos, Alexis, O tempo, esse grande escultor, Recordações de família e Arquivos do norte. Leia mais > AQUI