12 de out. de 2022

(Poesia) PÁTRIA – Pedro Luso de Carvalho



_ Brasil _ 
 




      PÁTRIA

        - Pedro Luso de Carvalho




Há um estranho clamor

vindo da rua.

Ouço os passos

em meio ao rumor,

ameaçadores passos

ritmados perto da casa.



Sou tomado pelo medo

dos gritos

trazidos da rua

pelo vento minuano,

claro sinal da agitação

de homens e de mulheres.



Um breu repentino na janela,

esse breu da noite

aumenta o meu temor

da turba, na rua, próxima

à casa, com ferrolho na porta

incapaz de estancar a avalanche.



Na minha frente, porta e janela

podre porta, de vidro

a janela, frágil proteção.

A turba vocifera; homens

de fortes braços vem unidos,

corpos suados, elos da corrente.



Tantos braços me cercam

na noite avançada,

levam-me para fora,

porta e janela no chão.

Meus braços, agora elos

da corrente pela decência.



Levam-me braços entrelaçados

de homens e de mulheres

unidos pela crença na Pátria,

para erguer seu orgulho, sobra

do esbulho; aproxima-se a hora,

hastearemos a insultada bandeira.





_____________________//____________________






22 comentários:

  1. O Brasil está numa encruzilhada.
    E entre dois candidatos em nada animadores.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Pedro Coimbra, é verdade mesmo,
      não é nada animador as coisas por aqui.
      Uma boa semana pra você e sua família aí em Macau.
      Grande abraço.

      Excluir
  2. Que o Povo brasileiro saiba escolher bem...ou menos mal.
    Poema brilhante
    .
    Cumprimentos cordiais.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ricardo, é sempre um prazer receber o amigo poeta português aqui neste espaço, meu segundo blog.
      Também aqui o poeta será sempre muito bem recebido.
      Grande abraço.

      Excluir
  3. Que bonito, todos unidos para clamar por la patria.
    Hermoso poema Pedro. Que todo en el país vaya bien.
    Gusto leerte. Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amiga Elda, como sempre, é com muita alegria que recebo
      a sua visita aqui no Panorama.
      Esse espaço sente-se sempre honrado com a presença da
      poeta espanhola, minha amiga Elda.
      Um abraço!

      Excluir
  4. A preocupação demonstrada neste poema é legítima, meu Amigo Pedro. Que tudo corra bem para o Brasil e para o seu povo.
    Um bom fim de semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amiga Graça, recebo sua visita com grande alegria aqui no meu outro espaço, talentosa poeta.
      Um bom fim de semana, com muita paz.
      Beijo

      Excluir
  5. O Brasil, tem uma tremenda tarefa pela frente, saber escolher com racionalidade e inteligência o seu rumo.
    Espero que saibam escolher bem, quem os irá governar.
    Excelente poema, amigo Pedro!
    Votos de um feliz fim de semana, com muita saúde.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vem chegando de Portugal, aqui no Panorama, outro talentoso poeta português, muito obrigado caro Mário.
      Grande abraço envio daqui do Brasil.

      Excluir
  6. Bello y profundo poema. Te mando un beso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexander, muito me alegra receber você aqui no blog Panorama.
      Seja bem-vinda!
      Um ótimo fim de semana!
      Um beijo.

      Excluir
  7. Espero que amanhã Domingo o Brasil tenha um novo presidente.
    Um abraço e bom fim-de-semana amigo Pedro.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Francisco, muito bom receber seu comentário, nesse meu outro blog. Espero que o amigo continue divulgando literatura e arte de sua Setúbal, a bela cidade Portuguesa.
      Um ótimo domingo.
      Grande abraço

      Excluir
  8. Bom dia, Pedro.
    Um bonito poema de clamor e amor a Pátria.
    Que Deus tenha misericórdia do nosso povo brasileiro!
    O meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amiga Anete, bem-vinda também a esse meu outro espaço, blog Panorama.
      Agradeço pela amável visita.
      Um abraço e bom final de semana.

      Excluir
  9. Com o debate de ontem, temo o pior, já que aquela animosidade/agressividade pode ser ampliada pelos simpatizantes de ambos os lados. Que ganhe o menos mau...
    Excelente poema, os meus aplausos.
    Boa semana, caro amigo Pedro.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Jaime, minhas escusas por ter editado seu comentário muito tarde, por ter estado fora.
      Quanto às eleições, também espero que vença o melhor.
      Espero que tudo esteja bem em Portugal.
      Grande abraço e uma boa semana.

      Excluir
  10. Olá, amigo Pedro,
    Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito gostei, e desejar uma excelente semana, com muita saúde.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Mário, como estive fora, só agora publiquei seu comentário, minhas desculpas.
      Obrigado pela visita, amigo poeta.
      Grande abraço, uma boa semana.
      Grande abraço.

      Excluir
  11. Acho que estamos livres, temporariamente, desse estranho clamor. Um grande abraço e que 2023 seja uma ano de paz e esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem possível, amigo, contemos que isso aconteça mesmo.
      Você aqui, no blog Panorama, sempre será bem-vindo.
      Grande abraço

      Excluir


Obrigado a todos os amigos leitores.
Pedro